sexta-feira, 12 de junho de 2009

Louise Bourgeois, uma escultora fantástica numa exposição fabulosa.


Nascida há cerca de 100 anos, Louise Bourgeois manteve - se na vanguarda das artes visuais por mais de setenta anos, continuando a criar novos corpos de trabalho, com a sua energia característica e inquietante inovação. Através da sua carreira cruzaram - se diversos movimentos 'avant gard' do século XX, desde o surrealismo, expressionismo abstracto e pós minimalismo, tendo - se ela sempre mantido fiel à sua singular visão criativa.



Esta obra, Maman 1999, é feita em aço e mármore e representa a capacidade de resistência e trabalho de sua mãe. Terá também algo a ver com o facto de os pais estarem ligados ao ramo da tecelagem de tecidos/tapetes, tal como uma aranha tece a sua teia, para além de reflectir a complexa rede familiar que a acompanhou durante a sua infância/adolescência. ( Herkenhoff et al, "Louise Bourgeois", ed Frances Morris, Guggenheim, 2008.)

Nota: a primeira foto foi retirada de um site sobre a artista a segunda é minha.





3 comentários:

Ines disse...

Sofia, pá!
Já tinha quase desistido de te visitar neste sítio!
Ainda bem que voltaste.
Beijo,
Becas
"Caramulo forever" (he...he...he...)

Sofia Urko disse...

Bequinhas!!!Obrigada pela fidelidade. Olha tenho fotos mt giras do caramulo vou ver se as passo p o computer e envio. Mil bjinhos, CARAMULO FOREVER :)
Ps_eu acho q devíamos marcar já p om aano, a sério!

Miguel Ângelo disse...

Sofia,

Desculpa, sou um distraído com estas coisas dos comentários.

Já vi a tua foto com o David King. O "hóme" estava mais magro.

Gostei do teu blog. A menina é viajada. Prometo que o vou seguir...

Um bjnho